Ven 4

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, esteve hoje em Las Tejerías, na Venezuela, acompanhando no terreno a situação relativa à comunidade portuguesa, numa deslocação articulada com as autoridades venezuelanas.

O Governo acompanha, desde o primeiro momento, a situação ocorrida naquela localidade, sita no estado venezuelano de Arágua, solidarizando-se com a população venezuelana, a comunidade portuguesa na Venezuela, as famílias e amigos das vítimas da destruição provocada pelas fortes chuvas.

A Embaixada de Portugal e os Consulados na Venezuela têm estado a acompanhar a situação em permanência e foi possível contar com uma equipa consular no terreno. Multiplicaram-se assim iniciativas e diligências no sentido de contactar e auxiliar os cerca de 300 membros da comunidade lusa na zona afetada, aferindo as necessidades de apoio.

Neste momento de dor e luto, marcado por perdas pessoais irreparáveis e ainda pela busca dos desaparecidos, acrescem as dificuldades económicas, tributárias da destruição de estabelecimentos ou negócios, sustento de muitas famílias.

Ven 2

Os serviços consulares têm, diariamente, procurado corresponder às necessidades sentidas. Por um lado, têm-se centrado no levantamento do que é fundamental para efeitos de recuperação de negócios e de habitações, mas também na identificação das necessidades de medicamentos, bens alimentares, água e gás.
Por outro lado, o trabalho feito pelos serviços consulares tem prosseguido com as tarefas de documentação, com ajuda de quiosque móvel para recolha dos dados, bem como de identificação de eventuais situações de repatriamento.

Em tempo de dificuldades é particularmente importante e desejável a conjugação de esforços de todos os quadrantes. A comunidade portuguesa, que sempre foi generosa, não será certamente alheia, uma vez mais, à organização da solidariedade para ajuda à recuperação, bem como aos compatriotas afetados.

vv

 

  • Partilhe