Portugal irá reforçar em 100.000 euros o seu apoio direto ao Orçamento do Estado de Cabo Verde. Em 2021, o apoio total será de 600.000 euros.

Trata-se de um reforço excecional, em resposta ao apelo endereçado pelo executivo cabo-verdiano e que vai também ao encontro das conclusões do Grupo de Apoio ao Orçamento de Cabo Verde, que Portugal integra enquanto parceiro.

Cabo Verde tem sido um dos países mais atingidos pelas consequências socioeconómicas da pandemia de COVID-19, muito em particular no turismo, setor que tem sido o principal catalisador do desenvolvimento económico do país.

Para lidar com este impacto, as autoridades cabo-verdianas têm vindo a adotar um pacote de medidas económicas, sociais e sanitárias, com o intuito de mitigar os efeitos da pandemia.

No entanto, a continuação da situação pandémica no mundo traz desafios orçamentais acrescidos para o executivo cabo-verdiano, em particular para a recuperação económica, a proteção social e o fortalecimento do sistema de saúde, a que importa responder.

  • Partilhe