O Ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, e o seu homólogo do Irão, Hossein Amir-Abdollahian, falaram esta manhã por telefone, por iniciativa do ministro iraniano.

A situação política e social no Irão foi um tema central da conversa, durante a qual o Ministro Amir-Abdollahian detalhou a avaliação das suas autoridades quanto ao atual momento interno. O MNE João Cravinho reiterou que a existência de legislação iraniana repressiva dos direitos das mulheres está na base dos acontecimentos recentes naquele país, tendo apelado para que as autoridades iranianas deem um sinal positivo na promoção dos direitos das mulheres.

No que diz respeito à guerra na Ucrânia, o MNE português enfatizou a sua forte preocupação quanto aos indícios recentemente veiculados sobre a utilização de drones iranianos por parte da Federação Russa em território ucraniano. Neste sentido, o Ministro João Gomes Cravinho sublinhou a necessidade de que as autoridades iranianas garantam que estes equipamentos não sejam fornecidos à Rússia.

Sobre o acordo nuclear com Teerão, conhecido como Plano de Ação Global Conjunto (“Joint Comprehensive Plan of Action”), o MNE português reiterou a importância e a urgência de se alcançar um acordo, encorajando a parte iraniana a adotar medidas de confiança e a continuar o diálogo com todas as partes, em especial com a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA).

Nesta conversa foi também feito um balanço das relações bilaterais, assentes nos laços culturais e históricos entre Portugal e o Irão.

Lisboa, 14 de outubro de 2022

  • Partilhe